SEU DISTRIBUIDOR
DE EQUIPAMENTOS
FOTOVOLTAICOS

X

CLIQUE E ENTRE JÁ
EM CONTATO CONOSCO!

11 2610-4004

atendimento@

11 98988-7666

VENDA EXCLUSIVA PARA REVENDA

VENDA EXCLUSIVA
PARA REVENDA

DISTRIBUIDOR OFICIAL DA GROWATT NO BRASIL

DISTRIBUIDOR OFICIAL
DA GROWATT NO BRASIL

PRIMEIRO SERVICE CENTER OFICIAL DA GROWATT NA AMÉRICA LATINA

PRIMEIRO SERVICE CENTER OFICIAL
DA GROWATT NA AMÉRICA LATINA

Inovação no Armazenamento de Energia Verde

18/12/2020

Inovação no Armazenamento de Energia Verde

A adoção de fontes renováveis de energia tem crescido significativamente, com destaque para a solar fotovoltaica. Os sistemas têm se tornado mais eficientes, impulsionando uma verdadeira corrida para desenvolver formas melhores de armazenar a eletricidade gerada. Pesquisadores da Universidade Friedrich Schiller, em Jena, Alemanha, por exemplo, acabam de desenvolver um novo eletrólito polimérico flexível, eficiente e ecologicamente amigável para baterias de fluxo redox.

Para quem não sabe, as baterias de fluxo atuais, embora apresentem vantagens técnicas, como líquidos separados em tanques distintos e uma longevidade praticamente infinita, são pouco eficientes e requerem sofisticados controles eletrônicos, sendo bem custosas. Dois pontos fracos que impedem seu uso generalizado são o emprego, no eletrólito, de sais de metais pesados tóxicos e ambientalmente perigosos, como o vanádio dissolvido em ácido sulfúrico, e a limitação da temperatura de operação a um máximo de 40 °C, o que exige um elaborado sistema de resfriamento.

Na inovação feita pelos pesquisadores, a substância utilizada, solúvel em água e baseada em ferro, foi projetada para uso em eletrólito aquoso, tornando a bateria mais eficiente, mais barata e livre de riscos, resolvendo os dois problemas atuais. Vale destacar o fato do polímero suportar temperaturas significativamente mais altas, de até 60 °C, eliminando o custo para gerir a temperatura. Além disso, a solução não perigosa à base de água pode ser armazenada temporariamente em tanques e a eletricidade nela armazenada pode ser usada novamente no dia seguinte sem perdas significativas ou esforço adicional. Regiões mais quentes, como África, Índia ou Brasil, podem se beneficiar enormemente da tecnologia.

Tudo muito interessante, mas será que não se trata apenas de mais uma opção de bateria? O que este tipo de bateria tem de especial que torna o avanço tecnológico tão importante? Nas baterias de fluxo redox, os componentes de armazenamento de energia estão dissolvidos e podem ser armazenados em locais descentralizados. Isso permite o dimensionamento conforme necessário, de alguns mililitros a vários metros cúbicos de solução eletrolítica. Tal flexibilidade faz da bateria um meio de armazenamento de energia do futuro.

Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Advanced Energy Materials. Parabéns aos cientistas e façamos a nossa parte propagando a solar!

 

Fonte: Fotovolt e Wikipedia

Photo by Antonio Garcia on Unsplash

Voltar