X

CLIQUE E ENTRE JÁ
EM CONTATO CONOSCO!

11 2610-4004

atendimento@

11 98988-7666

VENDA EXCLUSIVA PARA REVENDA

VENDA EXCLUSIVA
PARA REVENDA

DISTRIBUIDOR OFICIAL DA GROWATT NO BRASIL

DISTRIBUIDOR OFICIAL
DA GROWATT NO BRASIL

PRIMEIRO SERVICE CENTER OFICIAL DA GROWATT NA AMÉRICA LATINA

PRIMEIRO SERVICE CENTER OFICIAL
DA GROWATT NA AMÉRICA LATINA

Por Que Usar Microinversores?

06/03/2020

Por Que Usar Microinversores?

Os microinversores solares têm, basicamente, a mesma finalidade dos inversores fotovoltaicos tradicionais do tipo string, ou seja, convertem em Corrente Alternada (CA) a energia elétrica produzida pelos painéis solares (CC), sincronizando o sistema fotovoltaico com a rede elétrica.

A diferença fundamental é que um único inversor tradicional (string inverter), mais caro, atende vários painéis enquanto um microinversor, mais barato, consegue atender de 1 a 4 painéis do sistema, conforme potência do microinversor.

Por que então adotar os microinversores? Se você já se fez essa pergunta, saiba que a diferença não se baseia em uma questão de composição de preço, mas em uma série de vantagens apresentadas por esta nova, compacta e versátil tecnologia.

 

Maior Eficiência do Sistema

Quando uma série de painéis está conectada a um único inversor do tipo string tradicional, a ocorrência de sombra ou sujeira em apenas um dos painéis prejudica a performance de todo o sistema fotovoltaico. No caso do microinversor, como cada painel está conectado a um único MPPT, mesmo que um painel pare de operar completamente, todos os demais continuam funcionando normalmente, resultando em uma maior eficiência global.

 

Modularidade e Flexibilidade

Os inversores tradicionais trabalham cada qual com um número limitado de painéis, restringindo e encarecendo a possibilidade de ampliação do sistema. A adoção de microinversores, ao contrário, permite que se trabalhe com qualquer número de painéis, inclusive de marcas diferentes sem problemas com incompatibilidade ou prejuízo à performance individual. Pode-se, assim, ampliar o sistema a qualquer momento.

 

Tensão Segura para o Instalador

Os inversores tradicionais precisam de alta tensão DC (entre 300 e 800VDC) para um bom funcionamento. Já o microinversor trabalha com no máximo 60VDC.

 

Monitoramento e Falhas

Os inversores tradicionais monitoram o sistema fotovoltaico como um todo, dificultando a detecção de falhas pontuais em um dos painéis. Caso seja encontrada uma falha, todo o sistema ou uma parte grande dele deixa de funcionar até que o problema seja resolvido. O microinversor, por sua vez, permite o monitoramento de cada placa individualmente. Assim, é possível ter um retrato fiel da performance de cada componente do sistema; além disso, caso alguma placa apresente falha, a detecção do problema é rápida. Além disso, o gerador fotovoltaico continua funcionando mesmo com a placa defeituosa.

 

Aproveitamento da Luminosidade

Nos sistemas tradicionais, cada entrada independente de um inversor precisa estar conectada a uma série de painéis instalados com a mesma orientação. Quando se adota microinversores, cada painel pode ter uma orientação diferente, otimizando assim a produção de energia elétrica e/ou viabilizando a instalação do gerador fotovoltaico em telhados irregulares.

 

Outras vantagens dos microinversores em comparação com os inversores tradicionais

  • Não emitem calor ou fortes ruídos.
  • Produzem até 30% a mais de energia, com MPPT individual e maior tempo de aproveitamento da luminosidade.
  • Têm maior vida útil e garantia de 10 anos.
  • Mais segurança, facilidade e rapidez na instalação.

Os microinversores são uma excelente alternativa, mas não substituem por completo os inversores do tipo string tradicionais. Cada projeto é diferente e deve-se pesar todos os prós e contras antes de optar pela melhor solução. Conte com nosso atendimento técnico especializado na hora de montar seu sistema. Oferecemos suporte total ao integrador antes, durante e após a venda.

 

Photo by Science in HD on Unsplash

Voltar